Spz Online - Sempre Ligado na Notícia

Notícias/Sapezal e Região

Saiba quem faz parte da 'Chapa 2' que irá concorrer ao Sindicato dos Servidores de Sapezal

A Chapa 2 batizada de "Juntos somos + fortes" tem como candidata a presidente a servidora Oldineia Cocia de Ferro Cebalho

Saiba quem faz parte da 'Chapa 2' que irá concorrer ao Sindicato dos Servidores de Sapezal
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

No próximo dia 30 de junho, acontece a eleição para o Sindicato dos Servidores Públicos de Sapezal. Duas chapas homologaram sua participação na disputa.

Para contrapor a chapa atual, cuja presidência está com a servidora Fabiana Colpani, uma segunda chapa já colocou os nomes a disposição para participar da disputa.

A Chapa 2 batizada de "Juntos somos + fortes" tem como candidata a presidente a servidora Oldineia Cocia de Ferro Cebalho, e tem como principal objetivo lutar pela garantia dos direitos dos servidores públicos de Sapezal.

Ainda fazem parte da chapa: Patrícia da Silva - Vice-presidente; Elizabete Ferreira Borges - Secretaria-geral; Veronica Vieira dos Santos Cecatto - 1º Secretário; Andresso Guedes de Freitas - Tesoureiro-Geral; Valdelice Coelho Caldeira Zamparoni - 1º Tesoureiro; Benedito Correa Junior - Membro  Conselho Fiscal Titular; Luiz Carlos Martins - Membro  Conselho Fiscal Titular; Lincoln Fernandes - Membro  Conselho Fiscal Titular; Marcionei Campanhoni - Membro  Conselho Fiscal Suplente; Francisco Guedes de Freitas - Membro  Conselho Fiscal Suplente; Jaqueline Almeida - Membro  Conselho Fiscal Suplente.

Entre as propostas da chapa, está a busca de conhecimento por meio de estudo para entender os anseios e demandas de cada categoria, a fim de melhor representá-los. A busca junto aos poderes (Legislativo e Executivo) formas de valorização para cada categoria. 

"Buscar junto ao executivo e ao legislativo formas de valorização de cada categoria, bem como estudos que possam viabilizar e sanada algumas situações que envolvam reenquadramento, reajuste salarial ou realinhamento dos planos de carreiras das categorias."

Leia na íntegra:

Os sindicatos e a Constituição Federal

A Constituição Federal de 1988 prevê em seu artigo 8º o direito à livre associação profissional ou sindical, desde que observados alguns requisitos, como por exemplo a proibição de interferência ou intervenção do Poder Público na organização sindical. Outro exemplo é a não obrigação de nenhum profissional a filiar-se ou se manter filiado no sindicato de sua categoria.

Os sindicatos protegem os direitos dos trabalhadores de uma categoria, negociando diretamente com os empregadores. Seus interesses dizem respeito sobretudo a defesa de direitos e negociação salarial.

A entidade sindical trabalha e fala em seu nome e de todos, dando força e voz as suas demandas e na defesa dos seus direitos.

Pretendemos em nossa atuação buscar maiores conhecimentos através de estudo com cada categoria para melhor definirmos quais os seus anseios e demandas, a fim de melhor representá-los.

Buscar junto ao executivo e ao legislativo formas de valorização de cada categoria, bem como estudos que possam viabilizar e sanada algumas situações que envolvam reenquadramento, reajuste salarial ou realinhamento dos planos de carreiras das categorias.

Se fazer presente sempre junto ao executivo e ao legislativo com diálogo e responsabilidade, com o intuito de minimizar os impactos das medidas implantadas que tanto tem impactado a vida laboral dos servidores.

Sabemos dos principais entraves que iremos enfrentar, sejam eles econômicos, jurídicos e legais, mais seguiremos lutando em favor da categoria dos Servidores Públicos Municipais de Sapezal.

Mas nosso compromisso será para com a garantia dos direitos dos servidores buscando dar visibilidade aos trabalhos e as lutas da entidade em prol dos seus sindicalizados.

Representar a categoria junto aos conselhos, comissões, comitês, fórum de debates, programas e outros canais de representação, reivindicar, sugerir, buscar respostas e apresentar sugestões para a solução dos problemas da categoria.

Consolidar alianças estratégicas, relacionando-se com entidades privadas ou públicas por meio de parcerias, na busca de soluções para os problemas enfrentados.

Fomentar cada vez mais ações de apoio, prestação de assistência e serviços à categoria.

Comentários:

Veja também