Spz Online - Sempre Ligado na Notícia

Coluna/Opinião

ALMT retira homenagem ao Dr Marcos Harter, mas mantém homenagens a Paulo Maluf, Silval Barbosa e José Riva

Incoerência? Nenhuma! Hipocrisia? Talvez! Sarcasmo? Sim!

ALMT retira homenagem ao Dr Marcos Harter, mas mantém homenagens a Paulo Maluf, Silval Barbosa e José Riva
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Ontem, dia 06 de outubro, foi amplamente reproduzida a informação da retirada da homenagem que seria concedido ao Médico e Personalidade Pública Dr Marcos Harter.

A Parlamentar Estadual Janaina Riva(PMDB-MT), que fora autora do  Projeto de Resolução             6.945/2021 o qual concedia o Título de Cidadão Mato-Grossense  ao Senhor Marcos de Oliveira Harter. Em sua justificativa, são colecionados alguns fatos beneméritos do agraciado entre eles: “Dentre seus principais trabalhos e projetos sociais realizados, destacam-se o "Nariz sem bullying (NSB)", de 2016; o Projeto Dumbinho, de 2018, e o Silicone MT, de 2019. Em 2020, prestou valorosos serviços ao Estado no Combate à Covid, realizando 18 plantões na linha de frente do hospital de campanha de Sorriso, tendo revertido a remuneração desses plantões integralmente ao Hospital Regional de Sorriso, em forma de doações.”

Contudo, a mesma parlamentar, protocolou o Projeto de Resolução 218/2021 buscando revogar a homenagem concedida, dentre as justificativas estão as seguintes: “Infelizmente o agraciado em tela tem se envolvido em várias polêmicas e responde a inúmeras denúncias por ameaça, perseguição e agressão, além de processos disciplinares junto ao Conselho Regional de Medicina por condutas que não condiz com os juramentos dos profissionais que tem como princípio zelar pela vida das pessoas.”

 

A incoerência da justificativa apresentada é latente. Os processos disciplinares mencionados são do ano de 2020(portanto à época da concessão da homenagem já era de conhecimento) ah sim, os processos disciplinares são relacionados a hedionda prática de publicidade! Não são erros médicos que causaram mortes ou laceraram pacientes, não são percebimento de plantões sem prestar devidamente o serviço a um hospital público. Portanto senhores a justificativa para retirar tal homenagem é relacionado à publicidade, realmente algo sério, grave e de significativa percepção das pessoas, sim há uma clara ironia de minha parte e uma Hipocrisia por parte dos políticos que usaram tal argumento.

Quanto as demais denúncias....são denúncias, sem condenação criminal, cível ou administrativa quanto aos fatos!!! Mas vamos Ad mensuram(com a mesma medida), constam inúmeros homenageados com condenações criminais e escândalos de corrupção no panteão da ALMT:1)Paulo Maluf(Resolução 015/1997)  2)José Geraldo Riva(Resolução 82/1990) 3)Silval Barbosa(Resolução 78/2003).

Tais personagens constam nos anais da história política brasileira e mato grossense por adjetivos pouco lisonjeiros(por assim dizer) e por uma reputação da mais alta ilibação, principalmente quanto a processos judiciais envolvidos com o exercício do Mandato.

Certo a ALMT e a Deputada que solicitou a revogação da homenagem a tais políticos laureados com o Título da Honraria Cidadão Mato-grossense? Não encontrei, salvo engano, nenhum protocolo nesse sentido, portanto permanecem homenageados! Além de outras figuras.

Mas qual a razão de homenagear e abruptamente retirar uma homenagem? Qual a razão de ainda ventilar-se amplamente a notícia? Talvez encontre respaldo em uma estratégia política eleitoral, ao usar uma figura pública como “escada” para o político ganhar mais notoriedade. Nesse sentido Robert Greene ensina em vários livros, destaco trecho da obra “48 Leis do Poder” em sua 6ª Lição explana: “Chame a Atenção a qualquer preço(...) Não discrimine os diferentes tipos de atenção-qualquer espécie de notoriedade lhe trará mais poder.”

O alvo, no caso o famoso médico mato-grossense serviria, nesta estratégia, de “escada” para que o autor da manobra, seja algum Deputado(a),  promova-se às custas da audiência do fato!

A polarização identificando um adversário maior, no caso uma imagem idílica de uma Deputada na mais alta torre de marfim da moralidade e ética, digladiando-se contra um vilão, muitas vezes mais poderoso. Aliás Robert Greene ensina em outra obras “33 estratégias de guerra”: “ Aquelas pessoas que lutam por uma ideia moral podem  às vezes  ser mais perigosas. Elas podem estar sedentas de poder e usando a moral como  um disfarce(...)”

É preciso entender os componentes de tal ato espalhafatoso como uma tática de usar uma figura pública conhecida como Dr Marcos Harter como “trampolim” político, e que segundo Robert Greene, pode ser em uma pseudo batalha pela “moral”, com claro escopo de Chamar a atenção em benefício eleitoral. O risco é que agora a ALMT e a Deputada Janaina Riva, devem retirar as “homenagens” de inúmeras figuras políticas com condenações criminais, escândalos de corrupção e adjetivos pouco beneméritos, caindo na armadilha de viver pela própria “regra moral” que alardeiam, também prevista pelo ativista político Saul Alinsky.

Comentários:

Veja também