Spz Online - Sempre Ligado na Notícia

Colunas/Opinião

Na integridade da valorização ao amor e respeito por você mulher

Por Laerte Lannes

Na integridade da valorização ao amor e respeito por você mulher
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Já passou da hora, para que o dia internacional das mulheres, por mais que seja uma data marcante por tragédia, ser lembrado no dia 08 de março. A importância da mulher na sociedade mundial requer comemorações constantes, está mais que provado e comprovado a eficiência da mulher em todos setores, seja médica, dentistas, advogadas, juízas, desembargadoras, policiais, empresárias, produtoras rurais, motoristas, políticas (porque é ano de eleição) entre outras funções e profissões, não é à toa que hoje no Brasil temos o fenômeno das mulheres na música, com o sertanejo universitário, mas que nunca ouviu falar de Alcione carinhosamente chamada de “a Marrom”, e a saudosa “Elis Regina”, como também "Beth Carvalho e Elza Soares”, sem falar de “Roberta Miranda”, que é uma verdadeira reverência a uma rainha, “Clara Nunes e Chiquinha Gonzaga”, sem dúvida nenhuma, são nomes que dão orgulho na cultura nacional.

Apontar as atletas em destaque que fizeram e fazem parte da nossa história, seria necessários vários livros, mas de forma sucinta, seguem as modalidades que as mulheres brasileiras, já fizeram o mundo todo reverenciar o esplendor das suas conquistas, basquete, vôlei, natação, futebol, MMA, ginástica, surf, skate, entre outras modalidades, que elas sempre enchem de orgulho a nossa nação.

 

Assim como essas mulheres famosas, que fizeram e ainda fazem pelo desenvolvimento de nossa sociedade, temos milhões de mulheres anônimas, que dia após dia, trabalham fora, estudam, cuidam da casa, dos filhos, do marido, uma verdadeira “Mulher Maravilha” da sociedade, cumprindo com eficiência inúmeros papéis.

 

Em muitos casos, independente de função, profissão ou renda mensal, essas mulheres são os chamados arrimos de famílias, aquela pessoa que é única, e exclusivamente responsável pela subsistência da família, a que trabalha para levar o sustento, o alimento para casa.

 

Praticamente todos conhecem uma mulher que sem esmorecer, cumpre essa função, cuidando muitas vezes tanto dos pais mais idosos, e também dos filhos mais jovens, como não respeitar, admirar, amar uma pessoa com tal responsabilidade.

 

A busca por respeito e igualdade, já deveria ter ficado no passado há muito tempo, isso deve ser no mínimo o comportamento normal no cotidiano do ser denominado de humano, já a admiração e amor, assim a sociedade deveria estar trabalhando na integridade do seu desenvolvimento, não apenas em casos amorosos, em paixões, mas como ser humano, entre pessoas que se respeitam, entre pessoas que fazem parte de uma raça denominada de seres racionais, porque quando falamos em agressão, ainda mais contra uma pessoa que é a única abençoada por Deus, capaz de gerar a vida e produzir um alimento tão poderoso, e completo como é o leite materno de ser humano na terra, o “ser” perde toda sua racionalidade, sendo rebaixado para categoria de criatura, nem de animal poder chamado, porque em muitos casos, os machos e as fêmeas defendem lado a lado a manutenção do seu clã.

 

Hoje, o dia internacional da mulher não deve mais ser lembrado pela tragédia, mas pelas conquistas, valorização, igualdade, carinho, respeito amor, todos nascem de uma mulher, o que seria da humanidade, da sociedade sem as mulheres?

 

Desde quando nasci, fui criado por uma mãe atenciosa e carinhosa, tenho irmã, primas, sobrinhas, colaboradoras de trabalho, sou casado com uma companheira, que é minha amiga, amante, namorada, uma verdadeira guerreira, que sempre está ao meu lado, seja para andar de bicicleta ou de avião, mulheres dignas de respeito, admiração e muito amor.

 

Eu sou Laerte Lannes, e agradeço a Deus todos os dias, por ter tantas mulheres que fazem parte da minha vida, que colaboram constantemente na minha evolução como ser humano, muito obrigado por tudo.

 

Parabéns para todas as mulheres.

 

Laerte Lannes é jornalista e apresentador do Programa da Gente.

Comentários:

Veja também